Wednesday, May 9, 2012

Boa noticia para quem quer imigrar

Recentemente, tenho lido vários artigos sobre o problema de falta de mão-de-obra que o Canadá enfrentará a partir de 2021 se até lá não conseguir trazer 1 milhão a mais de imigrantes do que está previsto. Segundo um dos artigos, em 20 anos, grande parte da população começará a se aposentar e não teremos pessoas suficientes para substituí-las, a não ser que as famílias atuais passem a ter muitos filhos. Difícil de acreditar quando se tem uma taxa de aproximadamente 8% de desemprego no país. Atualmente, muitos imigrantes da área de saúde lutam para ter suas credencias reconhecidas, mas muitos acabam dirigindo um táxi ou trabalhando no Tim Hortons, pois o custo total do processo é excessivamente alto e moroso e alguém precisa colocar comida na mesa. Acredito que se realmente o Canadá precisar desesperadamente de profisisonais qualificados grande parte dos obstáculos impostos serão derrubados para facilitar a entrada da mão-de-obra necessária, assim como ocorria há uns quinze anos. Mesmo não falando Inglês direito, muitos imigrantes eram contratados depois da primeira entrevista de emprego em solo canadense. A demanda de profissionais era tamanha que empresários se arriscavam a contratar newcomers sem lhes impôr muitas restrições. Com 8% de desemprego os empresários escolhem a dedo quem eles querem no time deles. O grande desafio para preencher essas vagas em 2021 não estará nos grandes centros urbanos, mas em regiões mais afastadas e conservadoras onde forasteiros nem sempre são recebidos de braços abertos. A integração do imigrante nessas sociedades é mais lenta e dolorosa, mas não impossível. O governo precisará trabalhar bastante para mudar a cultura nesses lugares e fazer com que as pessoas abram suas cabeças e vejam os imigrantes como algo que vem acrescentar, e não tirar.

1 comment:

Mari said...

A historia da experiencia canadenses faz muita diferença. É impressionante como o primeiro emprego do Sergio abriu as portas para ele. Hj, qualquer curriculo que ele mande é respondido. Até o final do ano passada, acho que nem 10% dos curriculos enviados tiveram alguma resposta. Para sair de Halifax, ele teve que escolher entre 3 proposta de trabalho. Deu até um aperto no coração, já que passamos 3 longos anos esperando por aquela uma oportunidade.
Ao mesmo tempo que precisa de mão de obra qualificada e colocam varios obstáculos na vida dos profissionais recem chegados, o Canadá não está fazendo nada pra formar mão de obra qualificada aqui dentro. As profissões da área da saude e tecnologia não são muito apreciadas pelos jovens canadenses. E são so chineses e indianos que estao se formando nestas áreas. Não sei se isso é bom.